Translate/Traduza

Na tua morte







Hoje não tens forças para morrer,
Nem hoje nem amanhã, nem depois…
Aguardarás em silêncio a dor final,
temendo o sofrimento…
Serás apenas mais um entre todos,
implorando em agonia…
Estarás absolutamente só,
enfrentando  algo único…
Confuso, o tempo enrola-se
na garganta, sufoca-te
sem misericórdia…
Esqueceste por quem esperavas,
Não consegues adormecer
nem naufragar…
Ninguém ensopará as tuas lágrimas,
naquele que será o teu último pranto…
Recordas o que foste
no sonho do que poderias ter sido…
Talvez esboces um grito,
talvez pronuncies a palavra Mãe,
talvez ainda tenhas folego…
Sabes e sentes a tua derradeira solidão,
uma tristeza sem contornos…
Falta apenas a etapa final,
o trespassar lento da morte,
da tua morte…




Barão de Campos

Sem comentários: